Óbidos e Nazaré: mais duas cidades fascinantes de Portugal

548
SHARES
2.5k
VIEWS

Neste post você dá um giro comigo por duas cidades top de Portugal: Óbidos e Nazaré. Passei pelos principais pontos turísticos de Óbidos: Igreja Matriz de Santa Maria, por um castelo medieval do século XII, pela muralha, pela Grande Livraria de Santiago, caminhei pelas ruelas da vila e experimentei o típico licor de Ginja.

Em Nazaré, conhecida pelas ondas gigantes, ou Big Waves, passei pelo Ponto do Promontório, um mirante sensacional. Também visitei o alto do Forte de São Miguel Arcanjo, que, além de uma vista linda, abriga uma exposição permanente de fotos impressionantes de ondas gigantes e pranchas oferecidas por famosos surfistas que curtiram uma adrenalina danada nas ondas gigantes de Nazaré.

RelacionadoPosts

Saiba mais sobre Óbidos e Nazaré.

Conheça Óbidos, uma vila medieval lindíssima

Óbidos também é conhecida como Vila das Rainhas, justamente porque o rei D. Dinis ofereceu a vila à sua esposa D. Isabel, no século XIII. A partir daí foi a vila de várias outras rainhas. A cidade está localizada a menos de 100 quilômetros de Lisboa e vale uma visita, com certeza.

O próprio nome da vila explica um dos maiores atrativos turísticos do lugar. Óbidos deriva do latim ‘oppidum’, que significa “cidade fortificada”. Ou seja: a cidade está cercada por muralhas que a protegiam de invasores. Com uma localização privilegiada, situada num ponto alto, próximo da costa atlântica, havia muita gente interessada em tomar o território.

Por lá já passaram Lusitanos (século IV a.C), Romanos (século I), Visigodos (entre os séculos V e VI) e Muçulmanos (no século VIII). Aliás, é aos muçulmanos que se atribui a fortificação da cidade. Isso porque em alguns trechos da muralha, existem referências dos mouros.

Mas não é só pela incrível muralha e pelo maravilhoso Castelo medieval do século XII que Óbidos vale a visita. A paisagem do alto é privilegiada! A vista dos vales é linda. E se você quer se hospedar em um lugar histórico, nada melhor do que ficar na Pousada do Castelo, um hotel histórico com características medievais do século IX. Você se sente na idade média e é uma experiência incrível. Muita gente fica hospedado por uma noite, só para ter essa vivência. Eu mesma já me hospedei lá e tive a impressão de que a qualquer momento veria alguém em uma armadura passeando pelos corredores!

Continuando meu tour pelo centro histórico, descobri um fato que me deixou chocada! Fiquei sabendo que na Igreja Matriz de Santa Maria, em 1444, duas crianças reais se casaram. Dom Afonso V, com 10 anos de idade se casou com sua prima Isabel, de 8 anos. Inimaginável para os dias de hoje! Também passei pela antiga igreja de São Tiago, que agora é a Grande Livraria de Santiago, um lugar muito emblemático e bastante visitado pelos turistas.

Caminhar por Óbidos é delicioso. Suas ruelas com casinhas brancas cheias de lojinhas de produtos típicos, artesanatos e restaurantes deixam o passeio super agradável. É um prato cheio para quem curte passear demoradamente, olhando os detalhes e parando para tomar um cafezinho gostoso. Ou… tomar um licor de ginjinha!

Esse é um dos produtos típicos da vila, feito a partir de uma frutinha chamada ginja. Tem em todos os cantos de Óbidos, mas cuidado. Não vá tomar cada vez que encontrar uma vendinha com o licor: a bebida tem 20% de teor alcóolico! Uma curiosidade sobre a ginjinha: o processo de maceração dura, no mínimo, um ano e não são utilizados corantes e nem conservantes artificiais. Muito legal, né?

E, antes de ficar alcoolizada, parti para Nazaré!

Vila de Nazaré e suas ondas gigantes

Depois desse meu giro por Óbidos, fui para a famosa Vila de Nazaré. Conhecida pelas big waves, onde os surfistas ficam fascinados com ondas extraordinariamente gigantes. Aliás, o recorde de um surfista em uma big wave em Nazaré é de um brasileiro. Em 2018, Rodrigo Koxa surfou uma “ondinha” de 24 metros que colocou seu nome no Guinness Book.

Mas a minha visita foi pela parte tranquila. Nada de ondas gigantes! Por lá o que mais tinha era tranquilidade com um cenário lindíssimo. A Vila de Nazaré tem um pouco mais de 10 mil habitantes.

Um dos pontos turísticos mais legais para se visitar em Nazaré é o Ponto do Promontório, um mirante com uma das vistas panorâmicas mais conhecidas da costa portuguesa. Outro lugar com vista privilegiada é o alto do Forte de São Miguel Arcanjo, construído em 1577. O forte abriga uma exposição permanente de fotos impressionantes de ondas gigantes e pranchas oferecidas pelos surfistas que se aventuraram por elas.

Em Nazaré você vai encontrar uma praia vasta e uma culinária de frutos do mar bem interessante. Por lá não tem peixe congelado. É tudo fresquíssimo. E para comprovar, fiz uma parada em um restaurante à Beira Mar, um dos mais conhecidos da região: o Taberna da Praia. Peixes sensacionais e um ambiente bem gostoso.

Mas, nada melhor do que você ver tudo isso, né? Por isso, dê um play no vídeo e viaje comigo para Óbidos e Nazaré.

Veja também:

Évora: Hospedagem no Convento e Enoturismo pela região

Évora, a cidade-museu incrível de Portugal

Patty Leone

Patty Leone

Com uma bagagem de mais de 20 anos voando pelo mundo afora, amo dar dicas e compartilhar minhas experiências.

Related Posts

Recommended

Popular Playlist

Welcome Back!

Login to your account below

Create New Account!

Fill the forms bellow to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist